sábado, 29 de outubro de 2011

Metro Civilizado

Quem anda de metro já se habitou a ver comportamentos menos apropriados. Desde pessoas que peidam no metro, ao som irritante das kizombas, pimbalhadas e outros estilos musicais que rebentam com os altifalantes dos telemóveis e o cheiro a catinga que sai dos sovacos. Mas há um que me irrita profundamente que me lembra que existe um lado negro em mim capaz de fazer coisas horríveis.
Quem é que já assistiu à cena de um telemóvel com um toque foleiro e quando dono atende, berra ao falar com a pessoa do outro lado da linha.

Eu não quero saber da vida sexual, do trabalho, dos queixumes, dos namoricos e muito menos o que vai ser o jantar de família. Deixem de ser ursos...


A pensar nestes comportamentos o Metro de Lisboa colocou nas carruagens uma pequena ilustração para chamar à atenção dos utilizadores para se conterem um pouco.

Sem comentários:

Enviar um comentário