quinta-feira, 10 de maio de 2012

Alexandre Pires - O negro acusado de racismo

Olhem que há coisas que são difíceis de acreditar e esta é uma delas, o cantor Alexandre Pires ser acusado de racismo contra negros!!


Eu serei o único que não vê que ele é negro? Acusar o Alexandre Pires de racismo é viajar na maionese.

Mas vamos por partes, Carlos Alberto Silva Júnior, que pertence à Secretaria Nacional de Promoção de Igualdade Racial, é um cidadão zelador dos bons costumes e moral que apresentou queixa na Procuradoria Geral da República de Uberlândia pois considera que o clipe musical coloca o negro numa condição inferior, além de reforçar os estereótipos sobre a população negra. Acusa também o vídeo de sexista.

O clipe conta com a participação especial do futebolista Neymar

 
Bom, agora alguém me diga, porque Valesca Popozuda nunca foi acusada de rebaixar as mulheres e considera-las como objecto sexual, porque a Mulher Melancia pode sexualizar a imagem feminina ao extremo e o Alexandre Pires sendo negro não pode utilizar uma fantasia de gorila?

Devemos compreender aquilo que é uma obra artística, seja de bom ou mau grado, com racismo. A colocação sistemática do negro no papel de vítima e organizações a incentivarem o sentimento excessivo de proteccionismo do negro é também uma forma de pontencializar preconceito.

Porque razão, no Brasil, um país onde mais de 50% da população não é branca, o negro se considera em minoria?

Só falta o Serginho Orgastic ser acusado de homofobia, tenham dó!


Agora para tirarem as vossas próprias conclusões, vejam o tal famoso vídeoclipe da discórdia.


Se não conseguir ver o vídeo clique »» aqui ««

Sem comentários:

Enviar um comentário