terça-feira, 15 de setembro de 2015

Bosta na mata

Após ir cagar à mata, um homem pegou fogo à floresta

Se os incêndios florestais são uma grande bosta imaginem a sensação que é quando um incêndio é começado por uma.

Um ciclista foi multado após ter incendiado uma mata e terem ardido mais de 290 mil metros quadrados em Boise, nos EUA.

O ciclista teve uma súbita vontade de ir defecar e aproveitou que estava bem perto da mata para ir se aliviar. Depois do trabalho feito, lembrou-se que seria uma boa ideia queimar o papel para não deixar aquele presentinho na natureza. Assim, pegou-lhe fogo e tentou rapidamente cobrir com terra.

Só que a boa ideia transformou-se num grande pesadelo quando as chamas do papel higiênico atearam a erva seca transformando-se num incêndio.

As autoridades concluíram (não me perguntem se foi olhando para a arma do crime) que o incêndio teve origem humana mas não sabiam quem o tinha começado. Sentido culpa pelo que fez o ciclista contactou as autoridades e confessou.

O homem agora será responsabilizado pelos danos causados e poderá vir a ter que pagar os custos da extinção do incêndio.

A grande moral desta história é mais vale cagado do que queimado. Lembrem-se disto para a próxima vez que foram para a mata.




Sem comentários:

Enviar um comentário