terça-feira, 27 de outubro de 2015

O Netflix chegou a Portugal

O netflix chegou a portugal com um catálogo de filmes e séries
Neste 21 de Outubro, Netflix, um dos maiores, se não o maior, serviços de streaming chegou a Portugal para que todos possam desfrutar de um catálogo de séries e filmes com legendas em português.

Podem pensar, mas porquê pagar para algo que existe de borla na Internet? Bom, talvez a qualidade em que te chega o vídeo e o áudio sejam suficientes para evitar ir a sites manhosos nem ter o trabalho de fazer o que quer que seja. Basta escolher e ver.

Só que o que ninguém esperava era a reacção do povo português. Elevou tantas as expectativas que quando viu o catálogo começou a reclamar que só tem séries velhas, filmes do tempo do VHS (se você tem menos de 15 anos e não sabe o que é o VHS procura no google) e que se tem que usar cartão de crédito e tanta coisa só para chatear.

Gente, tenham calma, a coisa só começou agora e os nossos novos amigos dos Estados Unidos da América ainda não conhecem muito bem como a coisa funciona por aqui, talvez nunca antes tenham ouvido falar dos métodos de pagamento que só existem em Portugal como o MBNet ou o MBWay, e ainda o pagamento por referência bancária e débito directo. Se mesmo assim não existir métodos alternativos podem ir comprar um cartão vale-mensalidade numa Worten ou FNAC.

Quando ao catálogo pelo que vi, ele está a aumentar de dia para dia. Por isso aguardem que a coisa vai ficar boa.

Perguntam agora vocês, porque surge este post, não patrocinado pela Netflix mas fica a dica que curtia ter uns meses grátis, num blog de notícias estranhas?

Porque, meus caros, o Netflix abriu os portões e deixou que as criaturas de todo o tipo deixassem comentários e críticas sobre os filmes e séries. Eis alguns, não nacionais.

Barely Legal, é um filme que pela sua capa já imaginamos que seja uma comédia idiota sobre mulheres, mamas e piadas sexistas. Um utilizador no Netflix escreveu então:

Barely Legal está no Netflx. Um filme com muitas mamas.

"Este é um filme sobre 3 miúdas a tornarem-se putas, Vamos a factos. Tetas a 5:05, 12:05, 18:25, 18:25, 5 pares de tetas a 22:40, longa pausa até 40:36 e depois aos 44:25, 49:08, 53:10, 55:25, 107:40, 115:35, fica um pouco lésbico aos 116:45 e 119:35. Tetas e pachacha aos 103:10 (escolha do editor). Fica maricas na parte de Jesus aos 27:35, orgasmo na máquina de lavar aos 51:45, o gajo cego, cão, manteiga de amendoim, venda nos olhos e gajas aos 57:00, orgasmo com o aspirador aos 59:20"

Bojack Horseman é uma série exclusiva do netflix que segue a vida de um cavalo que foi um actor de sucesso.

BoJack Horseman é uma série de animação que tem um tom cáustico em que a personagem principal é um cavalo que tinha uma série de televisão há 20 anos que contava a história de como ele tinha adoptado 3 crianças humanas mas como a série terminou e ele não fez mais nada de importante a sua vida perdeu um pouco do seu rumo e agora é alcoólico.


Disto houve uma crítica que se sobressaiu das outras:

Leia a estranha crítica de bokacj horseman

A única coisa irreal que esta pessoa encontrou foi o facto de cavalos não viveram mais de 50 anos mas terem relações sexuais com humanos (oh, espera, má escolha de argumentos), falarem, terem uma gata como ex-namorada já é absolutamente normal...

Orange is the New Black é uma série exclusiva do netflix e com montes de lésbicas presas

Orange is the New Black  é uma das melhores séries do Netflix que segue Piper (a que está ao meio) e a sua vida na prisão. A série tem altos e baixos como todas as outras mas o bom disto é ver a sua relação com as outras, o seu passado e a forma como lidam com a situação actual.

Um crítico disse:

A estranha crítica, review, à série Orange is the New Black

Quanto à "dublagem" nada contra, se não gosta não gosta mas agora que coisa de ficar em choque com a quantidade de lésbicas na prisão? Se não houvesse lésbicas no chuveiro nunca se ouviria a maravilhosa expressão "peitinhos alegres de televisão" além que olhos atentos vêem claramente que a boca delas está na coxa e não lá na dita cuja.

Esperemos que o Netflix fique por terras lusas por muito tempo para me continuar a divertir a ver as maravilhosas séries, filmes e críticas :)



Sem comentários:

Enviar um comentário