quarta-feira, 13 de abril de 2016

Zoológico Humano - Um repugnante capítulo da Humanidade

Se a humanidade tem coisas para se envergonhar, criar um zoo humano é sem dúvida uma delas. Conheça a história bizarra e repulsiva.



Recentemente um programa brasileiro fez uma espécie de exibição humana ao colocar vários participantes dentro de uma gaiola de vidro. O objectivo era que os que estavam dentro da casa estimulassem a iteração com o público para conseguir entrar na competição. O programa em causa, o Big Brother Brasil, fez algo muito semelhante ao que aconteceu durante o séc. XIX e o séc. XX.

casa de vidro do big brother brasil
Casa de vidro onde os participantes se expunham aos visitantes de um centro comercial

Durante este período foram criados espaços para que os visitantes pudessem matar a sua curiosidade e conhecer pessoas. Se na actualidade a curiosidade se prende em observar seres humanos que desejam participar num programa, no passado a curiosidade era relacionada com a observação de seres humanos de outras raças.

Crianças com microcefalia
Maximo e Bartola exibidas como as "crianças aztecas" mas sofriam microcefalia

O ponto comum destas duas história é a exibição nua e crua de humanos, a remoção de qualquer barreira sobre a dignidade (voluntária num caso e forçada no outro). A forma mais despida, bruta e acorrentada da essência humana exposta aos olhos de todos.

Provavelmente estão a pensar que estou a exagerar, e efectivamente estou, pois não podemos considerar que pessoas que voluntariamente se expõem são iguais àqueles que foram obrigados a participar em algo tão doentio contudo os pontos comuns entre as duas histórias é assustador.

Reality-shows são uma espécie de jardim zoológico humano mais requintado e menos bárbaro.

Mas afinal o que são os zoológicos humanos?

Estas também foram conhecido como exposições étnicas e consistia em mostrar pessoas de outras raças num chamado estado natural, selvagem ou primitivo. Estas exposições doentias pretendiam mostrar a diferença entre uma sociedade branca e evoluída e estruturas rudimentares dos povos africanos.

criança exposta em zoo humano em 1958
Criança exposta em zoo humano na Bélgica em 1958
 
Uma das primeiras exibições foi em Fevereiro de 1835, no qual foi exposta Joice Heth com a falsa alegação de ter 161 anos de idade e ter cuidado do menino George Washington que se tornaria mais tarde presidente dos EUA. Ela já se encontrava na fase final da sua vida, cega e paralisada apenas conseguia mexer o seu braço direito.


Joice Heth foi exposta publicamente como uma curiosidade
"A maior curiosidade nacional e natural do mundo"

Morreu no ano seguinte passando pelo seu último vexame, ter a sua autopsia pública e vendidos bilhetes para satisfazer as mentes mórbidas.

Um outro caso marcante foi o de Ota Benga. Benga foi trazido para os Estados Unidos da América pelo missionário Samuel Phillips Verner e exibido publicamente no auge do movimento eugénico (teoria para melhorar o património genético de um grupo de humanos) apesar da escravatura ter sido abolida 40 anos antes.

Ota Benga exposto como o elo perdido da humanidade
Ota Benga e o seu esclavagista Samuel Phillips Verner

Foi exposto numa jaula junto com um macaco para mostrar o ele perdido na evolução humana e incentivado a viver cada vez mais com os seus "companheiros" primatas.

A exposição acabou e Benga conseguiu de alguma forma mudar de vida. Aprendeu inglês, mudou a sua aparência e de nome e trabalhou numa fábrica de tabaco mas apesar das mudanças todas as marcas da humilhação levaram a um fim trágico.

Ota Benga tira foto com macado
Ota Benga foi enjaulado com macacos

Deprimido, retirou a capa escondia os dentes pontiagudos, fez uma fogueira cerimonial e se matou com um tiro de uma pistola que ele roubou.

cartão sobre exposição tribal
"As raças humanas" - Colecção de cartas sobre as raças humanas

Hoje em dia estas situações jamais seriam aceites pela sociedade, felizmente evoluímos o bastante para pelo menos perceber que independente da raça todos somos humanos e que não somos animais para serem mantidos em gaiolas, sejam de ferro ou de preconceitos com falsas alegações de bestialidade, elos perdidos e outras certezas que só existem na cabeça de gente pequena.


Vocês conheciam os zoos humanos? O que acham disto?






Sem comentários:

Enviar um comentário