quarta-feira, 29 de junho de 2016

As gorilas lésbicas


Um estudo1 veio trazer mais uma contribuição para ajudar a perceber o quão ridículo é tentar rotular comportamentos. Durante a observação no Ruanda de gorilas em liberdade, foi observado pela primeira vez pelo Prof. Dr Cyril Grueter um comportamento homossexual nas fêmeas.

Prof. Dr Cyril Grueter estudou o comportamento de gorilas
O estudo documentou entre 2008 e 2010 que 18 das 22 fêmeas se envolveram em actos sexuais entre si. Encostaram e esfregaram os genitais além de fazerem vocalizações de acasalamento.

"Em vez de ver agressividade entre fêmeas por causa da comida, nós vimos que elas se envolveram em actividades sexuais o que foi algo surpreendente. Elas estavam claramente a dar prazer entre si...Nunca esperei ver alo assim" - Prof. Dr Cyril Grueter

O estudo concluiu que não se trata de algo específico do grupo analisado pois num outro estudo demonstrou o mesmo em gorilas noutra região. Também dizer que o comportamento foi fomentado por estarem presas não faz sentido uma vez que elas vivem em liberdade.


Os comportamentos homossexuais em animais, contrariamente à crença comuns, são bastante frequentes e nada de anti-natural. O mesmo comportamento foi observado em insectos, aves e mamíferos. Por isso o melhor nestas coisas é nunca assumir o que é certo ou errado só porque sim mas olhar para o mundo à volta e perceber o que se passa.


----
1 - http://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0154185#pone-0154185-g002



Sem comentários:

Enviar um comentário