Condutor apanhado a dormir em carro em piloto-automático 🚗

As pegadas do Diabo em Devon đŸ˜±

Muitos questionam a sua existĂȘncia, procurando certezas num mundo onde o invisĂ­vel quase nunca se revela. SerĂĄ uma construção da mente humana ou ele existe mesmo?

HĂĄ cerca de 150 anos, em Fevereiro de 1855, apĂłs uma noite de queda intensa de neve o dia amanheceu, em Devon na Inglaterra, com um estranho rasto na neve. Pegadas deixadas por algo com duas pernas e que tinham a forma de cascos. A criatura terĂĄ percorrido numa noite algo entre 64 a 160 quilĂłmetros.



Os morados ficaram perplexos e devido à estranha forma disseram que as pegadas foram deixadas pelo Diabo. O mais intrigante deste mistério é que nenhum obståculo deteve esta criatura, rios, muros, celeiros foram pisados. Nos telhados cobertos de neve era possível observar as pegadas. Desafiando a lógica e as próprias leis da natureza, tal rasto não poderia ter sido deixado por um humano em apenas uma noite.

As teorias do Diabo depressa teriam outras teorias mais racionais para lhes fazer frente. A primeira é que o rasto foi deixado por burros ou póneis mas é fåcil constatar que tal seria impossível. O rasto além de ter sido feito por algo que caminhou sobre duas pernas, também foram deixadas marcas em cima de telhados.



Outra teoria é a do balão perdido. Um balão foi que se soltou acidentalmente andou à deriva por vårios quilómetros, tal poderia explicar as marcas deixadas em cima dos telhados mas não a sua forma, o vento o teria empurrado para os lados e assim o rasto não seria a direito e seria também impossível que ele não ficasse preso em alguma årvore.

Surgiu ainda a teoria de que as marcas foram deixadas por cangurus em fuga de um zoo privado, criada pelo Reverendo Musgrave, porém mais tarde numa carta dirigida a um jornal que inventou a história aquela história para descansar as pessoas da sua paróquia.

O misterioso fenĂłmeno de Devon nĂŁo Ă© caso Ășnico, em 19 de Julho de 1205, em Coggeshall apĂłs uma tempestade elĂ©ctrica surgiram o mesmo tipo de pegadas e mais recentemente, em 12 de Março de 2009 o fenĂłmeno repetiu-se novamente em Devon. Noutros locais do mundo tambĂ©m hĂĄ relatos de eventos semelhantes.

Até hoje ninguém sabe o que aconteceu de verdade.


Fontes:
  • http://www.mysteriousbritain.co.uk/england/devon/other-mysteries/the-devils-footprints.html
  • http://www.dailymail.co.uk/news/article-1161765/Ancient-mystery-returns-Satans-hoofprints-spotted-Devon-garden.html
  • https://en.wikipedia.org/wiki/Devil's_Footprints


ComentĂĄrios