sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Histórias do Macabro: Animais caídos do céu

Se pensa que apenas o que está terra vem pela terra, então pense duas vezes. O que está na terra pode vir do céu.

chuva de animais

Guarulhos, Brasil

vaca caem em casa em guarulhosUma vaca entrou pelo telhado de uma casa no bairros dos Pimentas, na Grande São Paulo.

O animal passou por cima de um telhado que estava ao nível da rua e este acabou por ceder. A vaca sobreviveu apesar de ter partido um chifre e ter sofrido alguns hematomas.

Ninguém ficou ferido e o animal foi medicado. Quanto aos danos, além do telhado alguns móveis ficaram danificados.

Mas se este foi inofensivo, o próximo foi muito mais sério.

Minas Gerais, Brasil

Em Carantiga, um homem morreu após uma vaca ter entrado pelo telhado da sua casa.

homem morre por culpa da vacaO animal terá descido o morro e pisado no telhado de frágil construção feito de amianto. O telhado cedeu e o animal caiu em cima da cama na qual o homem estava deitado.

Ele terá sido transportado para o hospital ainda consciente e conversando normalmente mas acabou por morrer.

Segundo a família da vítima, o homem passou a noite inteira no corredor do hospital e terá sucumbido devido a uma hemorragia interna.

O pior desta história não é a vaca ter entrado pelo telhado da casa mas a falta de atenção e cuidados de saúde que muitas pessoas ainda não têm, especialmente num país que preza o seu desenvolvimento do estrato social mas que ainda tem muito para melhorar a nível de infraestruturas.


Turquia

bode cai em cima de meninoO culpado desta vez não foi uma vaca mas um bode. O pai de Heval Yildirim, de 13 anos, comprou um bode para o sacrificar durante a festa muçulmana Eid al-Adha.

Até que o animal fosse encaminhado para o ritual, ele estava guardado na varanda do prédio mas o imprevisível aconteceu.

O bode atirou-se da varanda para fugir ao seu destino mas no exacto momento em que ele dá  o salto, o menino estava a passar por baixo. O bode caiu em cima dele e os dois morreram.

Ao longo da história foram sendo registados vários eventos de animais terrestres e até marítimos que caíram do céu e que, se nuns casos apenas causou espanto, noutros a situação foi mais catastrófica.

A partir de agora lembre-se que a expressão "o que vem de baixo não me atinge" está completamente errada.



Vídeo da semana - O cão carente

Um cão super carente pede a atenção da sua dona enquanto ela mexe no telemóvel.


Cão carente pede carinho por acontecemcoisas




quarta-feira, 26 de novembro de 2014

O homem dos 100 orgasmos

O prazer sexual é uma das componentes da vivência humana mais satisfatória contudo, tudo o que é bom e em demasia se pode tornar num autêntico calvário.

Homem tendo orgasmo

Dale Decker é um homem que sofre da Síndroma da Excitação Sexual Permanente que faz com que tenha cerca de 100 orgasmos por dia.

Se por momentos pode parecer até uma coisa boa, esta condição transformou e arruinou a vida deste
homem. Incapaz de trabalhar e forçado a isolar-se socialmente, Dale vive na agonia de se livrar deste estado de êxtase permanente.

Dale DeckerTudo começou com um pequeno acidente ao se levantar de uma cadeira. Uma das vertebras começou a pressionar um nervo. De sua casa até ao hospital teve 5 orgasmos e nunca mais parou mesmo num dos períodos mais difíceis da sua vida que foi a morte do seu pai.

Mesmo estando num estado deprimido Dale teve orgasmos durante o velório.

A sua vida sexual com a sua esposa ficou alterada para sempre. Dale agora procura ajuda publicamente, naquilo que se pode considerar um acto de coragem, para se livrar da vergonha de uma condição não desejada.

Veja agora o documentário:





terça-feira, 25 de novembro de 2014

Feliz aniversário

E que Deus elimine a sua vida.

Sempre podia ter desejado algo melhor como lombrigas ou piolhos

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

10 brinquedos inapropriados para crianças

brinquedos inapropriados para crianças

Quando chega o Natal as crianças ficam loucas para comprar aquele brinquedo do momento e aborrecem os pais para conseguir o que querem.

Para piorar, há algumas almas criativas neste mundo que decidiram desafiar a lógica e o bom senso lançando no mercado autênticas aberrações infantis. Desde bonecas insufláveis disfarçadas de Super-Homem até a referências sexuais há de tudo.

Fique com as imagens de 10 brinquedos que nunca deviam de ter visto a luz do dia:





domingo, 23 de novembro de 2014

Vídeo da semana - Estou sem sinal da TIM

Dos criadores do Galo Frito, chegou o hit musical "Estou sem sinal da TIM". Um misto entre verdade e caricatura esta música fica no ouvido.


Estou sem sinal da TIM por acontecemcoisas




sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Histórias do Macabro: Histeria Coletiva

É raro e macabro, a histeria em massa contamina a mente das pessoas levando-as a comportar-se de forma estranha.

casos de histeria em massa

Conheça os factos históricos que roçam o sobrenatural, o imprevisível e o insólito. Alguns dos relatos são tão credíveis que custa a acreditar se é mesmo um caso de histeria ou algo bem mais macabro escondido da sociedade.

"Moranguito"

moranguito
A novela juvenil "Morangos com Açúcar" que foi exibida no canal TVI foi o gatilho para um dos casos de histeria estranhos alguma vez relatados.


Em maio de 2006, a novela estava a exibir episódios nos quais os alunos da escola ficcional "Colégio da Barra" estavam infectados com um vírus mortal.

Contudo, a ficção transbordou para a realidade e começaram surgir casos de alunos que tinham diversos sintomas como tonturas, falta de ar, coceira, má disposição e mesmo febre.

Não existindo nenhuma causa biológica, o caso foi decretado como histeria em massa. Este surto obrigou ao encerramento de uma escola e 20 alunos foram levados ao hospital.

A risada da demência

Gargalhada contagiante
Em 1962, um grupo de estudantes (em algumas das versões da história dizem que foram 3) começaram a rir, provavelmente de uma piada.

Só que a risada do grupo começou a espalhar-se para outras pessoas. Em poucas horas, 95 jovens entre os 12 a 18 anos estavam na mesma condição.

O riso incontrolável continuou a espalhar-se e no final do surto que durou cerca de 6 meses mais de 1000 pessoas foram afectadas por este surto de histeria em massa.

Vamos para o nosso top 3, os mais incríveis surtos de histeria em massa que vão deixar todos supreendidos. Temos naves extraterrestres, possessões demoníacas e danças incontroláveis.

A epidemia da dança

Dança incontrolável
A mais famosa e talvez a mais mortal histeria em massa começou em Estrasburgo, França.

Em Julho de 1518, Frau Troffea, começou a dançar fervorosamente. Esta mulher dançava sem parar sem que existisse qualquer música ou propósito na sua dança.

Ao final de uma semana, juntaram-se 34 pessoas, no final do mês estavam nesta dança incontrolável mais de 400.

Na altura, a medicina nem o entendimento das coisas era o mesmo que é hoje sendo que muitas das coisas eram descritas como de origem sobrenatural e com "curas" estranhas que incluíam sangrias que estranhamente não foram aplicadas.

Na altura foram construídos estrados de madeira para que as pessoas pudessem continuar a sua dança, assim como foram desimpedidos espaços para o efeito. Chegou mesmo ao ponto de se ter sido pago a músicos para dar ritmo à dança pois havia a crença que eles teriam de dançar para se libertar dessa vontade.

O resultado foi desastrosos pois muitos morrem de exaustão após dançarem dia e noite sem parar.

As freiras possuídas

Possessão demoníaca
Em 1632, as freiras de Loudun na França começaram a dizer que estavam a ficar possuídas por demónios a mando do director religioso e pároco Urbain Grander para que elas ficassem mais vulneráveis às suas investidas sexuais.

As freiras foram posteriormente exorcizadas. Os relatos são tão incríveis que na altura milhares de pessoas compareceram para assistir. Grander posteriormente julgado e condenando à fogueira por bruxaria e pacto com o demónio.

Contudo, nem tudo é claro de como começou este surto. Ao que tudo indica Grander foi vítima de uma emboscada política ou de algum inimigo que utilizou as freiras a seu favor. Uma mentira se transformou num autêntico delírio colectivo.

A próxima história é tão cheia de detalhes que custa a crer que se trate de um fenómeno de histeria colectiva.

Os Extraterrestres de Colares

ETs no Brasil
Em 1978, a população de Colares, no Brasil iria para sempre mudar. Uma mulher deu entrada no hospital com fraqueza muscular e no que aparentava ser um estado de delirio.

O que começou com uma mulher, passou para 3 ou 4, depois dezenas e finalmente 1000 pessoas com a mesma descrição.

Um objecto voador as observava do topo da copa das árvores e que em alguns casos disparava um raio paralisante. Os boatos de ET's atacando pessoas e a presença dos militares enviados para investigar o caso alimentou ainda mais este surto.

Das cerca de 8000 pessoas que habitavam aquela região, 2000 fugiram em pânico para não serem atacadas por seres do outro mundo.

A descrição de histeria colectiva para este caso é polémica pois muitos acreditam que o governo brasileiro esconde as verdadeiras informações do sucedido. A especulação é ainda sustentada pela existência de um suposto vídeo que revelaria toda a verdade sobre os "nossos visitantes" e pelo suicídio de um dos investigadores após dar declarações confirmando a veracidade dos rumores.

A verdade sobre o caso talvez nunca chegue a ser descoberta. Por agora o inexplicável está rotulado de histeria.




Conheça agora outros casos de histeria em massa:

histeria em massa





terça-feira, 18 de novembro de 2014

As mais lindas estações de metro

Estações de metro

Os transportes públicos dão vida às cidades movimentando milhões de pessoas todos os dias mas com a correria do dia-à-dia muitas vezes não notamos no trabalho dos arquitectos que pensaram nas infraestruturas que usamos.

O metro é um dos transportes públicos mais fáceis de usar sendo extremamente eficiente e nele podemos encontrar belíssimas estações de encher o olho.

Fique com as belas estações do mundo, desde da Ucrânia ao Canadá:






Drama matinal

Quando isto acontece fico frustrado

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Pesadelos da natureza - Inacreditáveis formas de vida

Depois de ter contado a loucura dos animais que se reproduzem sem sexo, agora tenho mais uma curiosidade para vocês.


Sabiam que existe um besouro que utiliza armamento químico para se defender, uma vespa que assassina aranhas e um fungo que controla a mente de formigas?

Vespa Caçadora

As vespas são insectos com uma grande variedade de subtipos mas há uma em que as larvas (um dos estágios do seu ciclo de vida) se alimenta de carne.

Assim, a Vespa Caçadora encontrou um método engenhoso de conseguir o alimento necessário para as suas crias. Em vez de matar e levar para o ninho, esta utiliza o corpo das aranhas como incubadoras.

Ela utiliza o ferrão para injectar uma quantidade de veneno paralisante para atordoar a vítima mas não o suficiente para a matar. O objectivo é manter a aranha viva mas sob o seu controlo.

Então ela deposita um ovo dentro do corpo da aranha e dentro de poucos dias ele eclode e se alimenta da aranha de dentro para fora.

Vespa e aranha

A aranha, consegue matar insectos e até ratos mas não se consegue defender da sua inimiga mortal.


Besouro Bombardeiro

Este animal tem um dos mais curiosos sistemas de defesa do reino animal. Ele não morde, não ferra, não cospe veneno, ele utiliza armamento químico contra os seus predadores.

O besouro bombardeiro ou besouro artilheiro é um insecto que passa grande parte do seu tempo escondido nas raízes de árvores ou debaixo de pedras e alimenta-se de insectos de corpo mole.

Este insecto só revela a sua característica única quando atacado. Ele tem dentro do corpo duas bolsas contendo produtos que quando misturados reagem de forma violenta atingindo o ponto de ebulição. Ela literalmente queima os seus inimigos.


O besouro não morre com a sua defesa porque a mistura dos produtos é realizada fora do corpo e lança-a em pequenos jactos.

O fungo controlador da mente

Sabiam que a droga LSD foi criada a partir de um fungo do centeio? E sabia que há um fungo que controla formigas? As formigas são animais que vivem em comunidade. Individualmente cada uma têm o seu papel numa sociedade bem organizada e existe uma rainha que toma conta do formigueiro sendo a única com capacidade reprodutora mas tudo isto muda quando entra em cena o implacável Ophiocordyceps unilateralis, ou fungo da formiga zombie (brasil: zumbie).


O esporo do fungo entra pelos poros que a formiga tem no corpo. A partir deste momento a formiga está condenada. Ela fica com os movimentos descoordenados e obrigada a procurar um lugar ideal para o fungo continuar a se desenvolver. Normalmente, num lugar húmido perto de uma folha ou no caule de uma planta a formiga ferra a sua mandíbula e ali fica presa até morrer. O fungo irá se desenvolver e criar mais esporos para contaminar outros animais. .




Quer este vídeo? Clique aqui. Após a publicidade poderá fazer o downlod gratuito.



sábado, 15 de novembro de 2014

Vídeo da semana - A menina fantasma

Sílvio Santos devia de ganhar um prémio pela sua originalidade. Ele colocou dentro de um elevador uma menina fantasma que quase matou de susto em lá entrou.


A menina fantasma por acontecemcoisas




quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Salvos por milagre II


Todos os dias temos o desafio de nos manter vivos e quando a morte nos chama temos que fazer de tudo para lhe escapar.

As pessoas do vídeo abaixo tiveram acidentes aparatosos e escaparam da morte por um triz.

Segure-se na cadeira e assista:



Quer este vídeo? Clique aqui. Após a publicidade pode fazer o download gratuito.



quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Nuvem "estranha" desperta curiosidade na Austrália

Uma nuvem estranha cativou a curiosidade dos habitantes de Wonthagg, que fica no estado australiano de Victoria.


A nuvem que se formou tinha uma forma alongada e parte de um arco-íris, à sua volta tinha um rebordo sem nuvens que assentava num manto de outras nuvens.


Várias teorias surgiram, como que a nuvem foi causada por uma nave extraterrestre, experiências secretas do governo mas a verdadeira explicação veio dos meteorologistas.

Trata-se de um fenómeno raro no qual as gotículas de água se transformam em cristais de gelo e precipitam da camada da nuvem criando o buraco.

Quanto ao arco-íris, foi causado pela irisdescência. Trata-se de um característica de alguns materiais no qual quando se incide luz branca (a soma de todas as cores) ela a reflecte com a separação das cores que a compõem.

Habitualmente vemos este efeito nas bolas de sabão.

Seja como for, os australianos viram algo bastante raro na natureza e com uma beleza atípica.





terça-feira, 11 de novembro de 2014

Uma foto quase perfeita

Quase lá, só um bocadinho para baixo e para a direita

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Pessoas incríveis - "Freak Show" da vida real

A série norte-americana American Horror Story é um sucesso e na temporada nomeada como "Freak Show" são apresentados personagens diferentes do habitual. O que talvez não saibam é que o que é mostrado na TV não é nada comparado com o que a vida real tem para mostrar.


Antes de continuar, não irem chamar a estas pessoas de "freaks" só porque são diferentes dos restantes. Uma aberração é aquela que conscientemente assume um comportamento nefasto e horripilante. Algumas destas pessoas se tornaram aberrações mas não nasceram como tal.

Lobster Boy (Mãos de Lagosta)

Conhecido por Lobster Hands ou mãos de lagosta é uma característica que faz com que os dedos das mãos e por vezes dos pés nasçam colados tendo a aparência de tenazes iguais ao do crustáceo.

Na vida real, há vários relatos de pessoas assim, o mais conhecido foi o Rapaz Lagosta que na realidade tinha o nome de Grandy Stiles. Este homem é descendente de uma família portadora do gene causador da anomalia.

Só que este homem não teve um final feliz. O pai trabalhava um circo e ele seguiu os mesmos passos. Foi casados duas vezes e teve 4 filhos, 2 dos quais portadores da anomalia. Stiles também se tornou alcoólico e violento.

Morreu assassinado em Novembro de 1992 com 3 tiros na cabeça. O assassino foi contratado por uma das suas mulheres. Quando o caso foi descoberto ela disse que ele ia matar a sua família e que agora, com ele morto, estavam seguros.



Edward Mordrake

Edward Mordrake apareceu nesta série como uma figura mística e sobrenatural mas a verdade é que esta pessoa existiu mesmo e viveu na Inglaterra durante o séc. XIX

Edward possuia uma outra cara que ficava na nuca que não comia mas era capaz de rir e chorar.

Edward sofria de policefalia mas acreditava que o outro rosto era a personificação do demónio. Edward suplicou aos médicos que lhe livrassem daquela "maldição" porque ela lhe sussurrava coisas hediondas durante a noite mas a operação sempre foi recusada porque tal o ia matar. Incapaz de lidar com a situação ele se suicidou aos 23 deixando um bilhete com um último pedido, que antes do seu enterro removessem aquele rosto e o destruíssem para que assim pudesse descansar na eternidade da morte.


  As gémeas

Na história, estas duas pessoas dividem o mesmo corpo tendo cada uma a sua própria "alma". A série retrata como duas pessoas com personalidades diferentes se comportariam se fossem obrigadas a ter que conviver constantemente juntas.

Na vida real, também há casos assim. Na verdade trata-se de gémeos siameses e existem alguns bastante semelhantes a elas.

Chang e Eng Bunker nasceram em Siam (daí a origem do nome siameses) no séc. XIX. Eles tinham funções vitais independentes partilhando apenas o fígado mas as técnicas da medicina na altura não estavam evoluídas o suficientes para realizar a sua separação.

Os dois tornaram-se cidadãos americanos com platações e escravos e ambos se casaram a 13 de Abril de 1843. Uma das esposas teve 10 filhos e a outra 12. Cada uma delas viva numa casa diferente e os gémeos passavam 3 dias em casa de cada uma. Ambos morrem no mesmo dia em 1874.

Os gémeos que deram origem ao termo siameses não é nada comparado com o caso seguinte. Elas chamam-se Abigail and Brittany Hensel, ambas estão prestes a terminar o ensino secundário e levam uma vida normal.


Elas partilham 4 pulmões, 2 estômagos e 2 corações.Cada uma delas controla metade do corpo, uma perna e um braço, o que requer para que se possam movimentar a cooperação das duas. 

No tacto, cada uma sente a respectiva metade do corpo. Tal como na série, cada uma tem a sua própria personalidade de gostos pessoas distintos. Como qualquer rapariga de 16 anos, ambos desejam casar e ter filhos.

O seu futuro é um mistério pois não há muito casos documentados como o delas e assim não se sabe das possíveis complicações na sua saúde que a sua condição pode trazer.

Só como nota adicional, elas apareceram num documentário do canal de televisão TLC onde se mostrava um pouco do seu dia-a-dia e assim todos puderam concluir que elas são como qualquer outra pessoa.

A cortesã de 3 pernas
 
Até ao momento, surge apenas na abertura da série uma mulher com 3 pernas de rosto pintado mas tal pode ter sido inspirado numa história de amor incomum.

Ela chama-se Blanche Dumas e nasceu em França em 1860. Ela tinha 3 pernas, duas das quais que não se desenvolveram totalmente e uma terceira perna que ficava bem no meio.

Blanche tinha ainda 4 seios, dois normais e outros 2 rudimentares com mamilos que ficavam perto da púbis e 2 vaginas totalmente formadas e com a sua respectiva sensibilidade.

Tinha também, digamos, um apetite sexual acentuado, que conquistou diversos admiradores masculinos e gostava de "entreter"  dois homens ao mesmo tempo com as suas duas vaginas.

Tão acentuado era o seu apetite sexual que ela se mudou para Paris onde se tornou cortesã.

Em Paris, terá conhecido o português Juan Baptista dos Santos com o qual terá mantido uma relação amorosa. Este homem que nasceu em 1843 tinha peculiaridades muito semelhantes à de Blanche.


Tinha 2 pénis totalmente desenvolvidos, podendo urinar por cada um separadamente e manter relações sexuais com eles tendo extra de poder terminar um e continuar com o outro.


Juan é descrito como um homem bonito e proporcional, desconsiderando a parte da cintura e com um apetite sexual animalesco e permissivo. Apesar de ter sido abordado diferentes circos, Juan preferiu se exibir para médicos e em exposições especiais.

A parte comum a todas estas histórias é que estas pessoas, apesar dos desfechos terem sido diferentes, é que nunca deixaram que as suas características os impedissem de viver e tentar superar os obstáculos da vida. Uns construiriam famílias, outros foram descobrir o mundo e ainda há aqueles que conservam os seus sonhos como o seu bem mais precioso e que vão lutar para os alcançar.




sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Pesadelos da natureza - Reprodução sem sexo


A Natureza tem uma maneira bem estranha de nos deixar de queixo caído. Acredite, existem animais que não precisam de fazer sexo para se reproduzir e esqueça a ideia de animais pequenos e insignificantes. O seu maior pesadelo pode estar a começar.

Vamos então explicar o que é e como funciona esta estranha forma de reprodução existente em alguns animais e que cientistas loucos tentam reproduzir em laboratório.

Chama-se partenogénese (Brasil: partogênese) e é a reprodução de um embrião sem fertilização, isto é, sem a intervenção de um macho. Podemos dizer que todas as crias destas fêmeas nasceram imaculadas sem pecado.

Existe uma diversidade de espécies que usam este método de reprodução sendo que em algumas a mais comum é a mesmo a reprodução "normal" mas na falta de macho as fêmeas lá encontraram a maneira de conseguir o que querem.

Conheça agora algumas espécies que usam este sistema:

Pulga de água ou dáfnia

Este pequeno animal pertencente ao género dos crustáceos habita em meios aquáticos, de charcos a rios, e alimentam-se essencialmente de plâncton.

A sua população é essencialmente composta por fêmeas (quase na totalidade) e apenas quando as condições ambientais se tornam desfavoráveis é que recorrem ao sexo para se reproduzir.

A dáfnia que traz dentro de si os ovos, gera alguns machos que posteriormente se vão reproduzir com as fêmeas e assim criar novos ovos que têm a propriedade de se manter dormentes até que o ambiente retorne a ter as condições necessárias.

Estima-se que os ovos conseguem resistir até ao máximo de 20 anos. Os ovos podem flutuar, transportar-se, congelar e até serem engolidos sem danos.

Apesar da incrível resistência dos seus ovos, a esperança de vida do animal não passa de um ano em condições ideais sendo que em zonas tropicais a vida destes pequenos animais (0,2 e 5,0 milímetros) não passa de um mês.

Afídios, pulgões ou piolhos-das-plantas

Estes pequenos insectos, mais comuns nas zonas temperadas do globo, alimentam-se da seiva das plantas e são considerados em muitos casos uma praga que põe em causa campos agrícolas, jardins e até florestas.

Uma das espécies de pulgões, o piolho-da-roseira, tem um ciclo de vida invulgar. Durante o Outono, as fêmeas colocam ovos fertilizados por machos. Estes ovos eclodem na Primavera e dão origem a fêmeas que vão se reproduzir sem sexo dando origem a mais fêmeas até ao próximo Outono.

Estas crias são geneticamente iguais à mãe, ou seja, são os verdadeiros clones da natureza. Para piorar, algumas das espécies de pulgões são "criadas e tratadas como ovelhas" por algumas espécies de formigas. As formigas criam pulgões como nós criamos animais da quinta.

Não entrem em pânico, estes clones da natureza têm um inimigo mortal e bem simpático para nós, a joaninha.

Vamos agora deixar os pequenos animais para vos mostrar o autêntico pesadelo da natureza. Escorpiões, lagartos e cobras também se reproduzem por este mecanismo.

Escorpião-amarelo

Este animal é comum no sudeste e centro oeste do Brasil já causou incidentes graves entre eles óbitos em crianças. O seu tamanho pode chegar até 7 cm.

Os escorpiões são animais vivíparos, ou seja, os embriões se desenvolvem dentro da mãe, tendo um período de gestação variado. No caso dos escorpiões-amarelos, o tempo é de cerca de 3 meses.

Durante o parto, a mãe coloca as patas para que os filhos subam para o seu dorso e ali fique até à primeira troca de pele.

Além deste animal parir assassinos miniatura (20 por ano) e de trocar de pele têm uma característica peculiar de existir apenas fêmeas. Estes animais não têm sexo nem necessidade disso pelo que podem proliferar com bastante facilidade.

Bom, pelo sim pelo não, a Natureza criou uma espécie de cláusula de salvaguarda para esta espécie. Foi descoberta uma população com divisões de sexo no norte de Minas Gerais e na Bahia. Pelo sim, pelo não, a Natureza quer que este animal não se extinga.

Dragão de komodo

Estes são a maior espécie de lagartos do mundo, podem atingir entre 2 a 3 metros de comprimento, 70 kg e viver até aos 50 anos.

Este animal é extremamente sádico e feroz. Alimentam-se de cadáveres mas também atacam animais vivos. A sua estratégia é simples, dão uma mordida e esperam pela morte do animal pela infecção causada pelas bactérias da boca do lagarto.

Duas fêmeas em jardins zoológicos diferentes se reproduziram por partogénese. A primeira, a Flora, do zoológico de Chester pôs 11 ovos dos quais 8 continuaram viáveis.

A fêmea Sungai, do zoológico de Londres pôs ovos após 2 anos e meio do seu último contacto com um macho e os filhos nascidos estavam saudáveis. Os exames genéticos revelaram a concepção imaculada.

Esta foi a primeira vez que foi identificada a partenogénese nos dragões de komodo apesar de se saber que existem lagartos que já o fazem.

Cobras

As cobras são animais que a maior parte das pessoas não gosta. Dispensando grandes apresentações, o seu tamanho é variável e podem matar usando veneno ou então sufocando as presas por constrição (apertam a vítima até à morte).

Quando se pensava que as cobras se reproduziam apenas por via sexual, cientistas dos EUA descobriram que uma espécie de víbora se reproduziu sem o macho.

O que se pensava até agora como sendo uma "novidade", uma "estranheza da Natureza" pode agora ser visto com outros olhos a partenogénese no papel evolutivo das espécies.

Da próxima vez que adoptar um animal pense se na manhã seguinte não terá uma surpresa.





quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Bandidos que fingem ser ladrões???

Isto assim é difícil de entender





quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Pudditat - O gato guia


Trevor é um cão de 14 anos de raça labrador que é cego e um pouco surdo que passava os seus dias deitado na sua cesta até que chegou um gato à sua via, o Pudditat.


Pudditat é um gato que não se dá bem com a sua espécie, por ser muito mandão mas com Trevor, apesar de ser um cão, se formou uma forte amizade e não tardou para que Pudditat se tornasse o seu 'gato-guia'. Agora ele passou a movimentar com maior facilidade e confiança.


Veja o vídeo deste dois grandes amigos:


Poderá fazer o download do vídeo aqui